Papo Cabeça

– Conheci uma menina que me fez perder a cabeça.
– Eu notei. Bem que a minha mãe me disse que você só tem pescoço!
– Pois é. Mas eu sou carne de pescoço. Não vou desistir dela não.
– Da cabeça ou da menina?
– Ah! Sei lá! Tô sem cabeça pra conversar…
– Que papo cabeça esse da gente.
– Ao contrário: é papo sem cabeça.
– Sem pé nem cabeça.
– Sem pé também, né? Por isso que o papo não sai do lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.